AMEA/L.M.F/L.D.M

Com o advento do futebol em nossa cidade, através da fundação do Humaytá Football Club, no dia 14 de outubro de 1919, tornou-se necessária a existência de uma entidade que administrasse a prática esportiva, o que motivou um grupo de desportistas a criar na mesma data (14.10.1919), a Associação Mossoroense de Esportes Atléticos (AMEA), que teve como seu primeiro presidente o engenheiro e funcionário de carreira do Banco do Brasil S/A, agência local, dr. Virgílio Cantanhêde Sobrinho, profissional que prestou relevantes serviços a Mossoró-RN durante a sua permanência entre nós.

A Amea permaneceu à frente dos destinos do futebol da terra de Santa Luzia por um curto período, ou seja, apenas dois anos, cabendo ao dr. Virgílio Cantanhêde Sobrinho, na condição de primeiro mandatário da mesma, além de outros benefícios, estimular o surgimento de novos filiados, a exemplo do Ypiranga, Centro Sportivo Mossoroense, Palmeiras e Santa Cruz.

Em 1921, a Amea encerrou suas atividades esportivas, sendo sucedidad pela Liga Mossoroense de Futebol (L.M.F), que teve como seu primeiro presidente o Professor Eliseu de Oliveira Viana, que além de partícipe da ideia da implantação do nosso futebol, ao lado do Sr. Solon Aranha, ambos integrantes da Associação de Escoteiros de Mossoró, destacando-se ao lado da esposa, Professora Celina Guimarães Viana (primeira “referee” – árbitra de futebol), que a nossa cidade teve conhecimento, orientando seus alunos do grupo escolar “30 de setembro”, com apito na boca e livro de regras na mão.

O Prof. Eliseu Viana foi sucedido, em 1922, pelo dr. Antônio Brasil, outro desportista que deu o melhor dos seus esforços em prol do desenvolvimento do futebol mossoroense.

No ano de 1923, os clubes participantes da L.M.F demonstraram certa apatia pela prática do esporte bretão, o que motivou a mentora a paralisar suas atividades até o final de 1933, portanto durante o período de dez anos consecutivos.

Eis que, em 1934, coube ao desportista Lauro da Escóssia encetar uma campanha visando o retorno da prática do futebol local, obtendo pleno êxito e sendo indicado por unanimidade para assumir a presidência da L.M.F, o que fez com capacidade e dinamismo.

Em 1935, a Liga Mossoroense de Futebol foi sucedida pela Liga Desportiva Mossoroense (L.D.M), tendo como primeiro presidente o dr. Francisco Duarte Filho, inolvidável desportista local. A L.D.M permanece até os dias atuais e o desportista que esteve por maior período frente à presidência da mesma foi o Prof. Manoel Leonardo Nogueira, de 1956 a 1967.

Na próxima edição abordaremos a respeito do Mossoró Sport Clube.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × cinco =