Que respeite o tricolor

O Baraúnas caiu. Desceu à segunda divisão do futebol profissional do Rio Grande do Norte. Rebaixado pela primeira vez na sua história, em 42 anos de Campeonato Estadual. Um vexame que poderia ter sido evitado, não fosse a falta de bom senso de seus dirigentes, que deveriam ter pedido licenciamento à Federação Norte-riograndense de Futebol

Continue Lendo →

É o fim

Já se foi o tempo que Potiguar e Baraúnas batiam de frente com ABC e América. Era Mossoró X Natal no futebol. A capital levava a vantagem, os números comprovam isso, mas a dupla natalense temia a dupla mossoroense. Naquela época, times como Corínthians (Caicó), Potyguar (Currais Novos), Macau, eram apenas coadjuvantes. Coisa do passado.

Continue Lendo →

Eles quebraram a bola

Zero a zero. O placar do clássico Potiba não poderia ser outro. Alviurrubros e tricolores, nas três rodadas anteriores, haviam marcado apenas um gol (Potiguar), com a dupla colecionando seis derrotas em seis jogos. Logo, o confronto entre ambos não poderia ter gols, nem vencedor. Futebol tem lógica. Vez por outra, a lógica foge, por

Continue Lendo →

Os perebas

Baraúnas 0 X 7 ABC. América 2 X 0 Potiguar. Terceira rodada do Estadual 2018, terceira derrota de Baraúnas e Potiguar. Um é lanterna; outro vice-lanterna. A diferença é apenas no saldo de gol negativo: o Baraúnas tem 11; o Potiguar seis. O ataque tricolor ainda não conseguiu balançar as redes dos adversários; o ataque

Continue Lendo →

Sacos de pancada

Potiguar foi goleado. O Baraúnas, também. Qual a surpresa? Nenhuma. O futebol de Mossoró é isso aí: times sem qualidade, sacos de pancada. Tanto apanham como bate neles, como diz nossa gente. A goleada sofrida para o modesto Assú (4 a 1), em pleno Estádio Nogueirão, expôs o baixo nível técnico do Potiguar. O mesmo

Continue Lendo →

Um ano para esquecer

  2017 é um ano para o futebol natalense esquecer. Nada deu certo. América permaneceu na quarta divisão, onde aguarda o ABC, rebaixado da Série B para C, em 2018. Alvirrubros e alvinegros foram uma decepção só. Caíram na incompetência de seus dirigentes e, principalmente, na profunda crise que vive o futebol do Rio Grande

Continue Lendo →

Era uma vez…

Marcos Fernandes deixou a presidência do Potiguar, alegando falta de recursos (dinheiro) para conduzir o projeto (?) 2018. Em sua carta-renúncia, escreveu que está abrindo espaço para que outro abnegado/torcedor assuma a nau alvirrubra e consiga navega-la para um porto seguro. Sinceramente, a saída de Fernandes não altera nada. Absolutamente nada, exceto, claro, o nome

Continue Lendo →

Dinheiro público x bola murcha

Está se aproximando a temporada 2018 e, como sempre faz, as diretorias do Potiguar e do Baraúnas começam com a ladainha de que se a Prefeitura não colocar dinheiro público no futebol privado, os clubes não disputarão o Campeonato Estadual. Pressão, que em anos anteriores funcionaram. Neste ano, é improvável. Por dois motivos bem simples

Continue Lendo →