Com gol de Carlos Alberto, Potiguar vence o Baraúnas e segue nas primeiras posições do turno

Com amplo domínio no clássico Potiba, o Potiguar venceu o Baraúnas, por 1 a 0, na tarde/noite deste domingo, 31, no estádio Nogueirão, pela terceira rodada do primeiro turno do Campeonato Estadual. O único gol do confronto foi marcado pelo atacante Carlos Alberto.

Desde o primeiro minuto o alvirrubro mossoroenses ditou o ritmo do jogo tendo as melhores chances de gol. O tricolor, com um esquema mais cauteloso, realizava suas principais jogadas no contra-ataque.

Após boas chances, desperdiçadas por seus jogadores, o gol do Time Príncipe saiu aos 27 minutos da etapa inicial através do atacante Carlos Alberto. João Manoel fez boa jogada pela direita e cruzou para o centroavante alvirrubro mandar no ângulo do goleiro Érico levantando a torcida alvirrubra.

Com o gol sofrido, a equipe do Baraúnas saiu mais para o jogo, mas não conseguia uma grande oportunidade para marcar. A principal do tricolor foi aos 43 minutos em jogada ensaiada. Da Silva passou para Marquinhos Bahia, que cruzou para Fabinho Cambalhota desperdiçando na pequena área a grande chance do tricolor na primeira etapa.

No segundo tempo o panorama continuou o mesmo da etapa inicial com o Potiguar mandando no jogo e o Baraúnas tentando ter forças para chegar ao gol adversário. Porém, a única grande chance de gol do mandante da partida veio através de João Manoel que ficou na frente de Érico, mas demorou na finalização e a zaga leonina conseguiu afastar o perigo.

A grande chance do Tricolor na etapa final veio pela cabeça de Cambalhota. Ele recebeu cruzamento de Murillo, mas mandou a bola para fora.

Com a vitória, o Alvirrubro soma sete pontos ganhos e fica na segunda posição deste turno. O clube torcerá pelo insucesso do alvirrubro natalense diante do alvinegro. Já o tricolor caiu uma posição e se encontra na quinta posição.

As equipes não terão tanto tempo para comemorar ou lamentar o resultado. Na quarta-feira, 3, o Potiguar recebe o Assu, no estádio Nogueirão, às 20h. Já o Baraúnas vai até Ceará-Mirim enfrentar o Globo. Ambos os jogo são válidos pela quarta rodada.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 4 minutos o atacante João Manoel recebeu passe de Jozicley, mas finalizou fraco para a defesa de Érico.

Aos 6 minutos João Manoel desceu pela direita e cruzou para a área Carlos Alberto dividiu com Cláudio Baiano e a bola foi para escanteio.

Aos 8 minutos João Manoel desceu pela esquerda e cruzou para Carlos Alberto que cabeceou com perigo. A bola passou a esquerda do goleiro Érico.

Aos 11 minutos Fabinho Cambalhota pegou a bola livre na área, mas foi aterrado pelo zagueiro do Potiguar que mandou para fora.

Aos 12 minutos, após cobrança de escanteio, a bola ficou para o zagueiro Cláudio Baiano, mas o defensor chutou, e prensado, e goleiro Santos defendeu sem perigo.

Nos 15 minutos iniciais o Potiguar esteve melhor em campo.

Aos18 minutos o meia Vitor Leal caiu no campo reclamando de uma lesão na coxa direita. Ele retornou a campo depois do atendimento.

Aos 22 minutos não deu para o Vitor Leal. No lugar dele entrou Leo Paulista.

Aos 23  minutos Rafinha ganhou pela esquerda e cruzou para a área. Fabinho Cambalhota chutou prensando e a defesa do Potiguar tirou a o perigo.

Aos 24 minutos, após chutar a bola para longe, Leo Paulista levou cartão amarelo.

Aos 25 minutos Da Silva chutou forte e a bola desviou no meio do caminho indo para escanteio.

Aos 27 minutos do primeiro tempo João Manoel ganhou pela direita e cruzou para a área. A bola sobrou para Carlos Alberto que mandou no ângulo do goleiro Érico fazendo 1 a 0 para o Alvirrubro.

Aos 34 minutos Magnos desceu pela direita e cruzou para a área João Manoel cabeceou com perigo e a bola passou a direita de Érico.

Aos 34 minutos o técnico Givanildo Sales vendo seu time dominado pelo adversário tirou um dos zagueiros e colocou o meia Murillo.

Aos 36 minutos Marquinhos Bahia passou para Cambalhota que deixou para Murillo na entrada da área, mas o chute do meia tricolor saiu fraco para a defesa de Santos.

Aos 37 minutos Murillo passou para Júnior Borracha livre e ele da entrada da área chutou fraco e a bola passou a esquerda do gol.

Aos 40 minutos Da Silva cruzou para a área e Fabinho Cambalhota sozinho errou o cabeceio desperdiçando uma boa oportunidade para o Baraúnas.

Aos 43 minutos o Baraúnas perdeu a principal chance de gol nos pés de Cambalhota. Após falta ensaiada Da Silva passou para Marquinhos Bahia que cruzou e Fabinho na pequena área chutou para fora.

Aos 44 minutos Murillo da entrada da área chutou por cima do gol de Santos.

O árbitro Pablo Ramon Gonçalves acresceu em dois minutos o primeiro tempo .

Aos 48 minutos o lateral-direito Magno levou cartão amarelo após falta em Júnior Borracha.

Na saída de campo o autor do único gol do primeiro tempo Carlos Alberto, falou de belo gol feito. Já o meia Da Silva disse que o time precisa melhorar no segundo tempo e conseguir virar o jogo.

Com os três jogos, iniciados às 17h, no intervalo, o Potiguar lidera a competição com sete pontos ganhos. Lembrar que o jogo entre América e ABC terá início somente às 19h.

SEGUNDO TEMPO

Aos 4 minutos Dunga cobrou falta no meio do gol e o goleiro Érico pegou sem dificuldades.

Aos 7 minutos Ciel recebeu a bola de Magno e da entrada da área chutou, mas a bola passou a esquerda do gol de Érico.

Aos 8 minutos o atacante João Manoel ficou sozinho na frente de Érico, mas demorou e a defesa do Baraúnas chegou para afastar o perigo.

Aos 11 minutos Magno cruzou para a área e João Manoel desviou para a boa defesa de Érico evitando o segundo gol do alvirrubro na partida.

Aos 12 minutos, após disputa de bola com Anselmo, o atacante Rafinha sentiu câimbras não dando mais para continuar na partida. No lugar dele, o técnico Givanildo Sales colocou Chalerson.

Aos 20 minutos o lateral-direito Fernandes chutou de longe e assustou o goleiro Santos.

Aos 25 minutos o técnico Bira Lopes tirou Léo Paulista, que havia entrado no primeiro tempo, para colocar Roberto Baggio.

Aos 29 minutos Nildo derrubou Carlos Alberto na entrada da área e levou cartão amarelo.

Aos35 minutos Bira Lopes fez a última modificação no time do Potiguar. Ele tirou João Manoel e colocou Gilkley.

Aos 36 minutos Batata interrompeu o contra-ataque do Potiguar e levou cartão amarelo.

Aos 38 minutos Fernandes cruzou para a área e Murillo cabeceou para fácil defesa de Santos.

Aos 39 minutos Gilkley chutou forte, mas para fora desperdiçando boa chance de gol para o Potiguar.

Aos 41 minutos Fabinho Cambalhota assustou o goleiro Santos após cruzamento de Murillo.

Aos 43 minutos Gilkley chutou forte e o goleiro Érico soltou a bola, mas a zaga do tricolor afastou o perigo.

Aos 46 minutos Ciel mandou de voleio assustando o goleiro Érico.

FICHA TÉCNICA

POTIGUAR 1×0 BARAÚNAS

Local: Nogueirão

Horário: 17h

Data: 31.01.16

Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro

Auxiliares: Francisco de Assis da Hora e Alex Batista da Silva

Gols: Carlos Alberto 27’ 1º

Cartões amarelos: Leo Paulista (POT), Magno (POT), Nildo (BAR), Batata (BAR)

Cartão vermelho:

Renda: R$ 49.120,00

Público pagante: 2.196

Público total: 2.452

Potiguar: Santos; Magno, Anselmo, Ramon e Ciel; Dunga, Jozicley, Vitor Leal (Leo Paulista) (Roberto Baggio) e Radames; João Manoel (Gilkley) e Carlos Alberto. Técnico: Bira Lopes

Baraúnas: Érico; Victor, Cláudio Baiano e Nildo; Fernandes, Batata, Júnior Borracha; Da Silva e Marquinhos Bahia; Rafinha (Chalerson) (Romário) e Fabinho Cambalhota. Técnico: Givanildo Sales

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + dois =