Com salários atrasados, elenco do Potiguar ameaça não jogar o Potiba

A paciência do elenco do Potiguar parece estar chegando ao fim.

Com salários atrasados, os jogadores alvirrubros decidiram não treinar na tarde desta quinta-feira (1) e ficaram concentrados na Casa do Atleta onde tiveram duas reuniões.

Primeiro, o grupo chamou o técnico Emanoel Sacramento para explicar a situação. Em seguida, juntos, estiveram em reunião com o presidente Benjamim Machado, de quem cobraram o pagamento de salários atrasados.

De acordo com informações colhidas pelo Portal F9 junto a alguns atletas, o atraso nos pagamentos é de cerca de dois meses com a maioria do elenco. Já com uma pequena parcela do grupo, especificamente aqueles jogadores que chegaram no decorrer do campeonato, o atraso é de alguns dias.

Na reunião, os profissionais ouviram do presidente o relato das dificuldades enfrentadas pelo clube e saíram com a promessa de que novos esforços seriam envidados para levantar os recursos necessários para quitar a dívida.

Diante do compromisso assumido, os jogadores decidiram participar do treino de apronto na manhã desta sexta-feira (2), no Nogueirão, porém deram um ultimato. Caso a diretoria não quite a dívida total com o grupo, os jogadores não entram em campo no domingo (4) para a disputa do clássico contra o Baraúnas, pela quarta rodada do segundo turno do estadual.

A posição extrema anunciada, se cumprida, resultará no primeiro W.O da história do clube. Ainda de acordo com fontes de dentro do elenco, a decisão foi tomada em face de outras promessas já feitas e não cumpridas pela diretoria nesta temporada para colocar os salários em dia.

Fábio Oliveira/F9.net.br

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − oito =