Humaytá Football Club

Humaytá, o primeiro clube a ser fundado em nossa cidade.

Após o registro do surgimento do futebol na terra que tem como padroeira Santa Luzia, é chegado o momento de focalizar um pouco da memorável história do Humaytá Football Club, o “vovô” dos clubes esportivos de nossa cidade.

Observando a boa aceitação dada por ocasião da primeira disputa de um jogo de futebol em Mossoró-RN, coube aos remanescentes do escotismo a ideia de fundar o alviazulino, fato que concretizou-se na noite de 14 de outubro de 1919, tendo como local o Sítio Cantos, onde achava-se edificada a residência do Dr. Pedro Ciarlini. Portanto, por volta das 19h, à luz de lamparinas, surgiu o Humaytá, que decidiu manter as cores azul (calções) e branca (jaquetas), em homenagem às utilizadas pelos escoteiros, por ocasião da primeira apresentação, no campo da cadeia pública.

A denominação do clube deu-se por sugestão do Sr. Bonifácio Costa, em homenagem à grande batalha naval, por ocasião da guerra do Paraguai.

Portanto, os integrantes da Associação de Escoteiros, fundadores da agremiação, constituíram a sua primeira diretoria, a saber: presidente; padre Manoel da Costa; vice-presidente: Antônio Freire; secretário: Lauro da Escóssia; tesoureiro: José Hemétério; orador: Luiz de Albuquerque Pinto; diretor de Esportes: Sérgio Ciarlini.

A primeira onzena do “vovô” esteve desta maneira delineada: Gondim; Toni e Bitu; Carpentier, Zé Mota e Manoel Luz; Bidoca, Alfredo, Lauro, Villar e Luiz Pinto.

No dia 1º de outubro de 1922, coube ao Humaytá realizar a primeira partida de futebol interestadual, na cidade de Limoeiro do Norte-CE, convidado que foi por Esporte Clube Limoeirense, cujo placar ao final apontou a vitória mossoroense pelo escore de dois tentos a zero, gols assinalados por Nunes, cobrando uma penalidade máxima, e Moreno.

Observe a formação do alviazulino neste jogo: Leão; Joel e Lucylo, Odilon, Bitu e Quincas; Zezé, Carpentier, Moreno, Nunes e Costinha.

Já no dia 3 de janeiro de 1926, o Humaytá recebeu a visita do Paraibano Souza, clube bastante renomado na região nordestina. Final do clássico e nova vitória do alviceleste, desta feita pelo placar de cinco tentos a dois, gols de Moreno, Maciel (2), Pedrinho e Bidoca. O “vovô utilizou essa formação: Leão; Nacés e Neto; Álvaro, Alfredo e Amarinho; Reis, Maciel, Moreno, Pedrinho e Bidoca.

No próximo domingo será a vez de focalizarmos o Ypiranga Sport Club.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 6 =