João Dehon será o novo presidente da LDM

O presidente do Mossoró Esporte Clube, João Dehon da Rocha, deve ser conduzido nesta terça-feira (11), em eleição a ser realizada a partir das 19h30, à presidência da Liga Desportiva Mossoroense (LDM). É um desejo antigo seu que se materializa a partir de agora.

Dehon terá muito trabalho, mas possui capacidade para cumprir bem a missão. Não deve ter concorrentes e seu nome conta com o apoio do atual presidente, Francisco Brás, fator que tem um peso significativo junto aos filiados. Brás, inclusive, que havia se afastado do cotidiano da Liga e do Nogueirão, devido discordar de algumas decisões do empresário Eudes Fernandes, que vinha conduzindo a entidade de forma provisória, deve se engajar novamente à vida da LDM.

Outro desportista que reforçará o projeto é o ex-jogador e ex-gerente do Nogueirão, Rocelito Miranda, primo do futuro presidente. Miranda foi convidado para ser vice na chapa de Dehon. Em conversa com este colunista, afirmou que sua atuação deve ser mais focada nas bases e suas competições, independente do cargo que venha ocupar.

Magno Ramon
O preparador de goleiros pernambucano, Magno Ramon, que fixou residência em Mossoró, transferiu-se na semana passada para Nova Lima-MG, para trabalhar nas bases do Vila Nova. Magno foi vice-campeão estadual com o Potiguar em 2008 e campeão em 2013. Profissional sério e competente, merece todo o sucesso.

Em atividade
Embora tenha anunciado que pararia após o estadual, o zagueiro Nildo deve adiar um pouco sua aposentadoria e disputar no segundo semestre, a divisão de acesso pelo Mossoró Esporte Clube.

Paredão no Carcará
Quem também pode reforçar o Carcará na segundona é o experiente goleiro Érico. O MEC, que é dirigido pelo ex-presidente do Baraúnas, João Dehon, promete vir forte para tentar o acesso à divisão de elite.

Em casa
Se resolver investir no mercado interno para definir o treinador para a disputa da Série D, não faltará opções ao Potiguar. Pedrinho, que já está no comando, e Ronaldo Bagé, do Baraúnas, seriam o ponto de partida.

Em casa II
Além destes, o Alvirrubro tem na figura do ex-jogador Júlio Terceiro, uma possibilidade. O ex-volante do América faz uma campanha de recuperação no Santa Cruz que merece, no mínimo, uma avaliação.

Em casa III
Sobre jogadores, o mercado interno também oferece opções que reforçariam bem esse elenco alvirrubro. Léo Bahia e Moisés, do Alecrim; Mael, Hudson e Jean Natal, do Santa Cruz; Almir, do Assu, não devem ser desprezados.

Periquito agoniza
Além da queda, o coice. Não bastasse estar lutando contra o rebaixamento, o Alecrim teve suas rendas bloqueadas pela Justiça para pagamento ao ex-jogador Carioca, que já atuou aqui no Potiguar. O Periquito é sério candidato ao desaparecimento.

A semana na história
Nesta segunda-feira (10) é o aniversário do meia Vaninho, ex-Potiguar e Baraúnas. O jogador completa 32 anos de idade. Parabéns, enjoento!

Frase
“Professor, o passe está saindo direitinho, só falta força” – Do lateral Samuel, quando defendia o Potiguar, respondendo ao então preparador físico do clube, Alan Frederico, quando indagado como estava seu passe. Alan referia-se à situação contratual e não ao fundamento.

Imagem

O meia Lucas Fernandes, uma das joias do São Paulo, é filho do mossoroense Iluílton, colega de infância que também era craque na bola e que está radicado em São Paulo há anos. Mês passado, Lucas renovou seu contrato com o tricolor até 2021.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − três =