Mando de campo pode decidir segunda divisão

Talvez não observado pela FNF, a formatação da segunda divisão, em termos de sedes, acaba de certa forma favorecendo o Palmeira de Goianinha. É que, além do próprio Verdão, mais dois clubes indicaram o Estádio Nazarenão, em Goianinha, como sede.

Visão Celeste, de Parnamirim, e Clube Atlético Potiguar, de Natal, mandarão suas partidas na casa do Palmeira. Dessa forma, o time local, principalmente, jogará seis vezes em casa, como mandante ou visitante, e sairá apenas duas vezes, enquanto Mossoró e Força e Luz, que mandam seus jogos no Nogueirão e no Barrettão, respectivamente, atuam em casa quatro vezes e saem outras quatro.

Fator campo, economia financeira e menos desgaste com viagens, favorecem, em tese, Palmeira, um dos favoritos, e também Visão Celeste e CAP, os “visitantes” goianienses.

Acredito que não tenha sido essa intenção, mas na prática é o que ocorre, quando a Federação aceita que clubes que não possuem estádio em suas cidades sede, disputem uma competição profissional mandando seus jogos no estádio alheio. Pena.

Mossoró define agenda de testes
Depois de enfrentar na tarde de ontem, em Alto do Rodrigues, a seleção de Pendências, o Mossoró Esporte Clube tem mais dois jogos-teste até a estreia na segunda divisão: Dia 16, Seleção de Baraúna; e dia 23, Seleção de Upanema, ambos fora. A partir daí, até a estreia, dia 21 de outubro, contra o Palmeira de Goianinha, em Mossoró, o MEC pretende disputar ao menos dois amistosos com equipes profissionais.

Eleições alvirrubras
O Potiguar publicou edital convocando conselheiros para a eleição de sua diretoria, dia 27 de setembro. A tendência é pela reeleição de Marco Fernandes, para o biênio 2017/2019. Hoje ele preside em mandato tampão, desde a desistência do cargo pelo ex-presidente Benjamim Machado.

Formação
O técnico Edinho Cardoso, no jogo treino disputado ontem em Alto do Rodrigues, já esboçou o time base da equipe do Mossoró: Érico; Mikael, Marinho, Nildo e Deivinho; Rafael Potiguar, Josikley, Ciel e Radames; Gabriel Maia e Pablo.

Juventude e experiência
Na primeira formação inicial do Mossoró, Edinho já deixou claro que pretende utilizar cinco jogadores acima de 23 anos, número máximo permitido pelo regulamento da segunda divisão. Quer a juventude, mas não abre mão da experiência para conseguir o acesso. Correto.

Juventude e experiência II
Nessa linha de raciocínio, entre os veteranos, são considerados neste momento como titulares no Mossoró, o goleiro Érico, o zagueiro Nildo, os volantes Rafael e Jozicley, e o meia-atacante Radames.

Vaga aberta
Com a recidiva do volante Yago, que acertou sua vinda para o Mossoró, mas decidiu tomar outro rumo, a diretoria busca no mercado outro atleta com experiência para a posição, mas dentro do limite de idade.

Diaz
O Mossoró entregou sua assessoria de imprensa ao estudante de comunicação, Marcelo Diaz. O jovem deixa o Potiguar, após anos de serviços prestados, para se engajar no novo projeto. Está bem entregue.

Frase
“Estou muito feliz. É meu segundo título em três conquistas” – Mickey, massagista do Potiguar após a decisão de 2013. Ou perdeu algum pelo caminho, ou está contabilizando o título de eleitor também.

A semana na história
Hoje defendendo o Mossoró Esporte Clube, um dos grandes goleiros da história do futebol potiguar, Érico, completa na próxima sexta-feira (15), 38 anos de idade bem vividos. Merece todos os vivas. Parabéns!

Imagem

Armando Melo, ex-presidente, treinador e um dos fundadores do Ufersa Petroleiros, segue firme em intercâmbio no Canadá, onde faz especialização em Futebol Americano. Aposta no esporte por prazer e como profissão. Aqui, a torcida de todos por seu sucesso. Mais uma a representar a terrinha mundo a fora. Raspa!

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *