O surgimento do nosso futebol

Professor Eliseu Viana, autêntico desportista que implantou o futebol em Mossoró.

Chegou o momento de pesquisar sobre o surgimento da prática esportiva na terra de Santa Luzia, bem como as equipes que impulsionaram o desporto local.

Inicialmente, informar que, no longínquo ano de 1917, por ocasião da realização de uma reunião ordinária, promovida pela Sociedade União Caixeiral, mantenedora da Escola Técnica de Comércio “União Caixeiral”, que tinha sua sede onde atualmente acha-se instalada a Biblioteca Ney Pontes Duarte, imediações da Praça da Redenção Jornalista Dorian Jorge Freire, no centro de Mossoró, coube ao membro da citada entidade, Sr. Antônio Fernandes Brasil propor a organização de um quadro esportivo, a ser dirigido pela mesma, tendo por finalidade principal aproximar, irmanar e unir os seus associados. Colocada em apreciação e posterior votação, a ideia foi derrotada por maioria absoluta de votos.

No mês de junho, do ano de 1918, coube ao jovem José Fernandes Queiroz, integrante de duas tradicionais famílias da região, ao retornar do Rio de Janeiro, para gozo de férias escolares, trazer na bagagem a primeira bola de futebol, que chegou a nossa cidade. Tão logo desembarcou, convidou alguns garotos da época a se deslocarem ao patamar da matriz de Santa Luzia para, além de conhecer o manuseio do citado objeto, observar que seria capaz de chutar mais alto, aproximando-se, portanto, à torre da igreja.

Seqünenciado, um grupo de desportistas, formado por Bonifácio Cosa, Dr. Virgílio Cantanhêde (engenheiro carioca que prestou relevantes serviços à cidade), Enéas Reis, Joaquim Tuiuty, Ari e Dagoberto Gonçalves (que integraram as categorias de base do Fluminense-RJ), tomaram a iniciativa de implantar o futebol em nossa cidade.

Através da existência da Associação dos Escoteiros de Mossoró, tendo à frente o Prof. Eliseu Viana, destacado desportista, e como auxiliar o Sr. Sólon Aranha, tomou-se a iniciativa, juntamente com os jovens Alfredo Pinto, Deusdedith Couto, Duodécimo Rosado, Jorge Pinto, Lauro da Escóssia, Luiz Pinto, Pedro Ciarlini Filho, Sérgio Ciarlini e outros, formarem dois quadros de atletas “branco” e “negro”, para dar largada aos jogos de futebol, que teve o primeiro jogo da história no dia 14 de julho de 1918, na Praça da Cadeia (atual Antônio Gomes), cujo placar final foi um empate em um tento.

Na próxima edição, o surgimento do Humaitá Football Club.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − cinco =