Pivô de denúncia de irregularidade assistiu Mossoró x Força e Luz do banco de reservas

Kleber foi relacionado e ficou no banco de reservas. (Foto: Marcelo Diaz/MEC)

O goleiro Kleber, de 19 anos, pivô da denúncia de ter sido relacionado irregularmente pelo Mossoró contra o Força e Luz, em jogo válido pela terceira rodada da segunda divisão potiguar, sequer teve o gosto de entrar em campo.

O jogador havia sido convocado pela primeira vez para figurar como opção, na reserva de Érico. Sua participação daria início a um rodízio entre os goleiros reservas. Ele revezaria com Pedro, outro jovem goleiro do elenco.

Do banco do reservas, Kleber viu o time mossoroense vencer por 2×0 e se isolar na liderança do campeonato, naquela oportunidade, com seis pontos. Ele sequer entrou no jogo, mas como jogador inscrito para aquele confronto, é considerado participante da partida e, portanto passivo de qualquer punição, como os demais.

Caso o TJD da Federação acate a denúncia feita pelo Força e Luz, o Mossoró pode perder seis pontos, o equivalente ao dobro dos pontos conquistados no jogo em questão. Com isso, o MEC ficaria apenas com três pontos, caindo da primeira para a terceira colocação.

Faltando 12 pontos a disputar, o Carcará acabaria em desvantagem perante Força e Luz e Clube Atlético Potiguar, hoje segundo e terceiro colocados, respectivamente, com seis pontos, cada. E essa desvantagem pode aumentar para seis pontos, pois ambos atuam na próxima rodada, enquanto o Mossoró folga.

O Portal F9 tentou ouvir a diretoria do Mossoró Esporte Clube mas, segundo a assessoria de imprensa do clube, os diretores estavam em reunião. Um pronunciamento à respeito do caso, pelos cartolas, deve acontecer ainda nesta sexta-feira (10).

Fábio Oliveira/F9.net.br

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 6 =