Por que 2017 ainda vai demorar a acabar para o Potiguar

O presidente reeleito do Potiguar, Marco Fernandes, declarou em entrevista na 93 FM, na quinta-feira passada (28), que ainda não é certa a participação do alvirrubro no estadual de 2018.

O clube comprometeu a receita de 2017 pagando dívidas de 2016, conta ainda da gestão de Benjamim Machado. Em função disso, se arriscou em duas malfadadas parcerias; jogou a Série D em Assu, devido a falta de laudo do Nogueirão, gerando muitos prejuízos, e ainda levou cano da Prefeitura em relação ao patrocínio prometido para este ano. Como se tudo isso fosse pouco, passou a temporada (e ainda vai passar um longo tempo) sem ver dinheiro das bilheterias, devido bloqueio de renda imposto pela justiça para pagamento de causa trabalhista do atacante Luis André, que passou meteoricamente em 2013, ano do título, tendo jogado uma partida e meia. O atleta ganhou causa de aproximadamente R$ 100 mil por ter sido dispensado quando estava lesionado, não recebeu um centavo em sua saída e para terminar, o clube compareceu na audiência.

Banho de sal grosso, revisão de conceitos em seu modelo de gestão, o que inclui zelo por quem se põe à frente dos seus destinos, é o mínimo que se pode sugerir. Mas, cada cabeça é uma sentença.

Visitinha e torcida
José Vanildo, presidente da FNF, esteve em Mossoró na quinta-feira passada. Entre um banho e outro nas águas termais, conversou com dirigentes dos clubes locais. Sobre o Mossoró, do presidente João Dehon, com quem tem grande afinidade, disse acreditar e torcer pelo acesso, contrariando o gosto dos cartolas de Baraúnas e Potiguar, que torcem o nariz e secam o MEC. Têm seus motivos.

Vai de Uber
O Uber, a nova febre no sistema de transporte de passageiros, agora patrocina Cruzeiro e Atlético Mineiro. Sabe usar a mídia, se expande e se estabelece. Parece uma realidade sem volta.

Questão
Pegando o gancho da palavra do presidente Marco Fernandes, sobre a dúvida da viabilidade do Potiguar no Estadual de 2018, o colega Marcos Santos, agora comentarista da 93, questiona a posição: se não tem a certeza de conduzir o time no Estadual, por qual motivo, então, seguir como presidente?

Só JC na causa
A esperança ainda reside em alguns, mas a maior parte aceita a realidade e, por isso, sofre menos. Faltando 12 rodadas, precisando de 27 pontos em 36 possíveis (contando o jogo de ontem), na prática, o ABC já caiu.

Só JC na causa II
Não é só pela campanha de time campeão que precisaria fazer até o final, mas pela falta de força de reação, típico de seus limites técnicos. O nível da Série B é outro e a ficha demorou para cair. Ou não.

Salvou a pátria
Com os fracassos de ABC e América no Brasileiro, é preciso reconhecer que o Globo, com seu acesso á Série C, salvou a temporada do nosso futebol. Normalmente, isso até renderia uma homenagem da federação.

Modificação 
O Mossoró pediu e a FNF acatou. Os jogos do Carcará em Mossoró, na segunda divisão, acontecerão aos domingos, e não mais aos sábados, como consta na tabela. A mudança é para acomodar a cobertura da imprensa em sua grade.

A semana na história
Nesta segunda, 2, o ex-atacante de Potiguar, Baraúnas, Assu, Tigres do Brasil e futebol árabe, Renan Potiguar, completa 28 anos de idade. Parabéns!

Frase
“Hoje vou ao dentista. Preciso “distrair” um dente” – Joãozinho Problema, massagista do Baraúnas. Espero que o bichinho tenha ficado feliz com esse rolé.

Imagem

Na quinta-feira passada (28), Márcio Mossoró reencontrou seu ex-clube, o Braga, por quem jogou cinco anos, quando sua equipe, o Istanbul Basaksehir enfrentou os portugueses pela Liga Europa. O Braga venceu por 2×1, mas Márcio foi aplaudido de pé pela torcida lusa que ocupou o Estádio Municipal de Braga.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *