Potiguar chuta o balde contra a Prefeitura

A diretoria do Potiguar publicou nota reclamando da postura da Prefeitura, que não pagou a cota de patrocínio relativo ao campeonato estadual. Até agora, do total de R$ 90 mil, nenhum centavo foi pago. O clube estaria em débito com alguns jogadores em face desse recurso não repassado pela Prefeitura. A ameaça de ingresso na justiça do trabalho, por parte dos atletas, ronda a diretoria rubra, que fez conta esperando esse dinheiro.

Na promessa da Prefeitura, inicialmente, o valor do patrocínio seria de R$ 150 mil, informa a nota do clube. Depois, caiu para R$ 90 mil. Por último, ofereceram R$ 60 mil, o que foi rejeitado pelo Potiguar. Daqui a pouco, o clube é que teria que pagar para afixar a marca do Município.

Há quem trace a relação da Prefeitura com o Potiguar, especialmente, como um impasse político. É que, até bem pouco tempo, Jorge do Rosário, era aliado. Agora, ingressando na política, tomou outro rumo. Mas alguém pode dizer que Jorge não tem cargo do Potiguar. Oficialmente, não. Mas ninguém nega que ele exerça grande poder de influência interna e que sua imagem ainda é forte no público e eleitor. Assim, ninguém no Palácio da Resistência desejaria oxigenar um adversário potencial, pré-candidato a uma cadeira de Deputado Estadual.

Quem vai ocupar a moita?
Qual clube terá este ano o apoio do Globo, utilizando todo seu elenco, para disputar a segunda divisão, como ocorre todos os anos? Quem o tiver, já entra como grande favorito ao acesso. Será igualmente favorito à queda no ano seguinte, pois terá de devolver todos os atletas. É o preço de um time de aluguel. Sobe para fazer vergonha no ano seguinte, impedindo outro com projeto mais sério. A quem isso de fato interessa?

Recomeço
O Potiguar anuncia peneirão para esta segunda-feira (7), à partir das 7h30, no campo da Ufersa, visando formar suas equipes sub-15 e sub-17.

Início
O ex-jogador do Potiguar, Maikel, que esteve estagiando na comissão técnica do clube na Série D deste ano, assumiu o comando das categorias de base príncipes. Sorte e sucesso ao jovem profissional.

Parada dura
Até aqui, apenas dois clubes são dados como certos na segunda divisão potiguar deste ano: Mossoró e Palmeira de Goianinha. Mas a disputa promete ser acirrada, sobretudo se Santa Cruz de Inharé e Coríntians de Caicó confirmarem presença, como se comenta.

Elas
Neste segunda-feira (7), o programa Prorrogação, da TV Mossoró, recebe a jornalista Natália Rebouças e a nutricionista Júlia Paiva. Falarão sua paixão: o futebol. Uma é são-paulina, a outra, palmeirense. Começa às 19 horas.

Homenagem
A FNF batizou o troféu do Estadual Sub-19 deste ano de Lupércio Luiz de Azevedo, em homenagem ao radialista mossoroense morto há uma semana, vítima de um infarto. Justa homenagem.

Leãozinho em campo
Falando no Estadual Sub-19, o Baraúnas, que estreou na semana passada perdendo para o Globo, tem a chance de reabilitação neste domingo (7), quando enfrenta o Santa Cruz, no Juvenal Lamartine, em Natal, às 15 horas.

A Semana na História
Hoje, o ex-presidente do Baraúnas, Jean Charles de Queiroz completa 56 anos de idade. Parabéns ao amigo e artilheiro do Abel Coelho em 1986.

Frase
“Antigamente, o empate valia um ponto para cada time” – Luciano, mordomo do Potiguar, em debate com o assessor Marcelo Diaz e o preparador físico, Gilterlan Ferreira. Preciso me atualizar. Pensava que essa regra ainda vigorava.

Imagem

Time do Mossoró Futebol Clube, vice-campeão da Taça Cidade de Mossoró, em 2011, competição conquistada pelo Potiguar. Um timão recheado de ex-profissionais, como Raílson, Erivan, Sideny, Hermano, Canízio, Agnaldo, Nílson, entre outros. Foto: Fábio Oliveira.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *