Sobre Nogueirão e Pedro Ciarlini, vamos ao que interessa

Boa a iniciativa dos vereadores Raério Emídio e João Gentil, que propuseram a audiência pública realizada na semana que passou, para discutir a situação do estádio Nogueirão e ginásio Pedro Ciarlini, interditados pelo Corpo de Bombeiros, por não atenderem a legislação sobre prevenção a incêndio.

Discussões e discursos carregados de protesto e ideais povoaram o encontro. Confirmou-se que o Município tem a propriedade, mas não a posse do estádio, o que dá à Prefeitura a prerrogativa de ainda não poder injetar recursos naquela praça. Então o que falta para que o processo se concretize? Quem está impedindo isso e com qual propósito? É Prefeitura, Liga, filiados, os dois? Pior que nenhuma das partes responde essas questões nem assume ações práticas.

É por isso que a maioria dos desportistas não dá muito crédito quando se fala em audiência pública. Entende-se, por razões lógicas, que essas audiências servem apenas para se vender a imagem de que algo está sendo feito. Será que terá resultados práticos diferentes de todas as outras que já vimos? Ou quem já viu uma, viu todas?

Destaque
Embora outros jogadores mostrem bom potencial, o lateral-direito Léo Cunha, pra mim, é o maior destaque do elenco do Potiguar. Jogador com base no Palmeiras, com quem tem vínculo até o fim do ano, está à altura de muitos grandes clubes do Nordeste. E ele tem apenas 21 anos.

Mais segurança
O Potiguar sofreu este ano com goleiro. Ninguém conseguiu passar confiança no estadual e início da Série D, contrariando a tradição do clube. Milton Boqueirão tem mudado esse panorama.

Bom rendimento
Embora nunca tivesse jogado junto, a dupla de zaga Nicollas/Romeu, tem surpreendido positivamente. O pecado a ser corrigido tem sido nas jogadas aéreas.

Para analisar
O Potiguar tem, com o grupo de hoje, uma base a ser pensada para a próxima temporada, que está logo ali. O monta-desmonta, habitualmente visto, é que enfraquece e faz o clube arriscar-se a contratações duvidosas.

Na torcida
Embora muitos torçam contra os clubes da capital, devido a rivalidade e injustiças cometidas, vez por outra, contra o interior, hoje, o torcedor e, principalmente, os dirigentes do Potiguar, torcem pelo América.

Na torcida II
Fora de série em 2017, o alvirrubro mossoroense só garante calendário no segundo semestre do ano que vem se ele, ou o América, conquistar o acesso à Série C. Sendo o América, o rubro natalense abre vaga na Série D de 2018 para outro representante do RN que, pelos critérios técnicos, será o Potiguar.

Presente
O repórter Ubiratan Saldanha e a equipe da 93 FM já estão em solo piauiense para a transmissão logo mais, às 17 horas, de River x Potiguar, pela Série D. Todo mundo ligado!

A semana na história
Figura extrovertida e cheia de histórias, o massagista Mickey, do Potiguar, completa nesta domingo, 43 anos de idade. Parabéns!

Frase
“Acho que estão colocando muito “bromato” pra amadurecer essas bananas” – Joãozinho Problema, mordomo do Baraúnas. Vivendo e aprendendo.

Imagem

Flamengo dos Pintos. Campo do Lazarão, no bairro do São Manoel, em 1990

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =