Adriano Pardal analisa primeiro jogo da final e projeta duelo mais aberto na Arena das Dunas

Artilheiro do América, com nove gols marcados no Estadual, o atacante Adriano Pardal concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 19 de abril, Centro de Treinamento Dr. Abílio Medeiros, em Parnamirim. O atleta fez uma analise do primeiro Clássico Rei válido pela final do Estadual.


Foto: Canindé Pereira/América FC



Para o atacante alvirrubro, o confronto foi equilibrado devido ao fato das duas equipes já se conhecerem. O confronto da última quarta, 17, no Frasqueirão, foi o quarto entre América e ABC na temporada.


“Foi um clássico estudado, muito equilibrado. As duas equipes já se conhecem bastante, antes da partida da quarta-feira já tínhamos disputados três clássicos na atual temporada, então, isso faz com que as equipes se conheçam ainda mais em campo, por isso que o confronto foi truncado, sem muitas chances de gol”, analisou Pardal, que enalteceu o resultado conquistado na casa do ABC.


“O empate foi um bom resultado por se tratar de um duelo na casa do adversário. Claro, que o melhor era uma vitória”.


Em caso de um novo empate, o campeão será conhecido nos pênaltis, sabendo disso, Adriano Pardal falou que as duas equipes deverão sair mais para o jogo.


“É uma equipe que se defende bem. Precisamos nos empenhar bastante para conquistarmos a vitória no tempo normal. Acredito que o jogo terá mais espaços, devido à necessidade das duas equipes saírem mais para o jogo, para buscar o resultado”. Ciente da responsabilidade de decidir o título na Arena das Dunas, casa do América, Adriano Pardal ressaltou que a sua equipe precisa respeitar o rival, mas que vai em busca do título.


“Agora a decisão é na nossa casa. Mas, sabemos que o ABC é uma equipe muito forte, mesmo o jogo sendo na Arena das Dunas temos que respeitar. Vamos ter o apoio da nossa torcida e precisamos fazer valer o mando de campo e assim, conquistarmos o título”.